Quando cheguei em Madrid era cerca de 8 horas da noite, fato que não me desanimou em saracutiar pela cidade.

Cheguei ao hotel (fiquei hospedada no NH Zurbano), gostei bastante do hotel, tem quartos espaçosos, coisa não muito comum na Europa e um café da manhã delicioso.

 

O hotel fica bem próximo da estação de metrô Gregório Marañon e a cerca de 2km do Estádio Santiago Bernabéu.

IMG_2406

Enfim, voltando a minha chegada em Madrid (rsrs) eu e meu papis (companheiro de viagem) pegamos o metrô e fomos para a praça central a chama Plaza Puerta Del Sol, descemos na estação que leva o mesmo nome da praça.

IMG_2383

Resolvemos caminhar pelas ruas ao redor da praça, as lojas estavam abertas (era sábado a noite).

Visitamos algumas lojinhas para compras de turista mesmo, com chaverinhos, canetas e camisetas. Fiz a diversão comprando camisetas com trechos de Miguel de Cervantes para os boys da família.

moda y olé - madrid

Logo mais a fome começou a bater, na verdade já estava indo destinada a comer um prato local, as famosas batatas bravas. Parei em uma marisqueira e fiz o meu pedido e não me arrependi, o restaurante chamava Arysol, consegui uma imagem no Google Maps, pois esqueci de bater uma foto.

arysol - madrid

Batatas Bravas

A praça fica bem próxima da Plaza Mayor, a Ópera e o Palácio Real, mas isso foi visita para o dia seguinte, pois a canseira já estava batendo.

IMG_2396IMG_2380No próximo post conto as aventuras do dia seguinte!



Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post