Tag: Montevideu (page 1 of 4)

ADEUS URUGUAI

Toda vez que vou embora de um lugar que estou conhecendo bate certa angustia, um medo de não poder ver novamente, é um sentimento de saudade que nunca passa.

A vontade de conhecer o Uruguai era tão grande, que ao mesmo tempo existia o medo de me decepcionar e que a magia desaparecesse. Mas o que se faz quando depois de alguns dias, se sente pertencente a um local e um amor tão grande, quase impossível de explicar?

IMG_5648

Onde a magia da Casa Pueblo lhe faz respirar a arte e se sentir agradecido de poder estar naquele lugar; onde o balanço das rodas sobre as dunas de Cabo Polônio se faz refletir como o mundo é belo e que o horizonte é um pressagio do futuro; onde o por do sol hipnotiza e rebate os sentimentos mais profundos; onde as pessoas passam com uma calma por sua vida, como as marolas do Rio da Plata; onde as refeições se transformam em verdadeiros rituais de contemplação da união de culturas; onde as ramblas se faz viver dentro de um romance dos mais belos; onde mistérios da história se escondem nas paredes de seus castillos; onde em uma Playa Brava surge Los Dedos renascendo para o amanhã; onde simplesmente observar o cultivo do fruto da bebida dos deuses pode ter efeitos arrebatadores na memória; onde o ritmo do candombe te faz aguçar os sentidos; onde o centenário te tira o folego com e arde a garganta pela ânsia pelo gol; onde a paixão por esse país faz um artista virar o mapa de ponta cabeça para mostrar que seu Uruguai é o mais importante; mas onde tem a alavanca que faça o tempo parar para reviver tudo isso?

Só sei que como Mijuca, “eu não sou pobre, eu sou sóbrio, de bagagem leve. Vivo com apenas o suficiente para que as coisas não roubem minha liberdade” e que eu possa conhecer novos e reviver todos os momentos que se transformam em sonhos em minhas memórias.

2016-01-04 22.01.00-1

DIÁRIO DE VIAGEM: MONTEVIDEO – TERCEIRO DIA

Acordar cedo, tomar café e começar a caminhada.

Foi assim que começamos nosso segundo dia na capital uruguaia. Era domingo, e nesses dias acontece a Feira Tristan Narvaja, que acontece na rua de mesmo nome. Fomos caminhando do nosso hostel (Che Lagarto) até a feira, que é um local que vende de tudo: fruta, queijo, imã, munição de arma antiga, entre tantas outras coisas.

Feria_de_Tristan_Narvaja_Montevideo_Uruguay_2

crédito: http://bitacorasdeviaje.com/uruguay/tips-uruguay/que-visitar-en-montevideo

Continue reading

DIÁRIO DE VIAGEM: MONTEVIDEO – SEGUNDO DIA!

Hora de levantar e sair caminhando pela cidade!
Nossa primeira parada foi em uma casa de câmbio que fica na lateral do Terminal Tres Cruces. Depois de ter dinheiro para gastar começamos a caminhar pelo Bulevar General Artigas, que fica na frente do próprio terminal.TERMINAL TRES CRUCESNosso primeiro ponto, digamos que chamou nossa atenção foi o Hospital Italiano de Montevidéo, que depois de uma pesquisa descobrimos que o nome oficial é Ospedale italiano Umberto I, e foi fundado em 1890 e o prédio é obra do arquiteto Luis Andreoni, e digamos que tem um estilo neoclássico. O prédio é super bonito e com diversas esculturas, mas o vandalismo chegou por lá e ele esta todo pichado.

Continue reading

SEDE DO MERCOSUL – MONTEVIDEO

A atual sede do Mercosul fica na cidade de Montevideo – Uruguai. Foi construído no ano de 1906 para ser um hotel de luxo, sendo um projeto de Pierre Lorenzi, um arquiteto francês; mas que atualmente além da sede administrativa do Mercosul, também abriga o escritório regional da Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Representação Regional da UNESCO.

PREDIO MERCOSUL)

O prédio fica na Rambla Presidente Wilson, entre Pablo de María e Juan D. Jackson, ao ladinho do Parque Rodó.




FUENTE DE LOS CANDADOS

Digamos que esse tipo de fonte, ponte, porta ou qualquer lugar que você possa pendurar um cadeado virou símbolo dos amantes, tipo no mundo todo, como um portão que tem no Muro de Berlim, a Pont des Arts de París, a Ponte Mil vio de Roma, entre tanto outros locais.

Portão no Muro de Berlim

E porque não ter um desses pontos em Montevidéo? Sim, ali pela Avenida 18 Julio você encontra um fonte para você pendurar o seu cadeado para eternizar o seu amor e logo ao lado, ali vigiando os amantes esta uma estátua de Carlos Gardel, é o momento para tirar fotos.

Continue reading

Plaza Independencia

A Plaza Independencia fica no limite entre a parte “central” e a Cidade Velha. Em 1837 foi projetada pelo arquiteto Carlo Zucchi, mas somente muitos anos depois em 1882, durante o governo de Máximo Santos, aprovou um orçamento para a criação de um monumento para José Artigas.

MONTEVIDEO 07

Continue reading

Ciudad Vieja

Ciudad Vieja ou no bom português Cidade Velha é o bairro mais antigo da capital uruguaia que começou a ser construída em 1724.
Nos dias atuais, o que restas das antigas construções da cidade é a Puerta de La Ciudadela, que separa a Plaza Independencia e a Rua de pedestres Sarandí. Ali ficam vários monumentos e prédios históricos, além de abrigar na atualidade diversos bares, restaurantes e pubs.

PUERTA DE LA CIUDADELA 01
Conheceu a Ciudad Vieja? Compartilhe conosco sua experiência.




« Older posts