Tag: la paloma (page 1 of 2)

ADEUS URUGUAI

Toda vez que vou embora de um lugar que estou conhecendo bate certa angustia, um medo de não poder ver novamente, é um sentimento de saudade que nunca passa.

A vontade de conhecer o Uruguai era tão grande, que ao mesmo tempo existia o medo de me decepcionar e que a magia desaparecesse. Mas o que se faz quando depois de alguns dias, se sente pertencente a um local e um amor tão grande, quase impossível de explicar?

IMG_5648

Onde a magia da Casa Pueblo lhe faz respirar a arte e se sentir agradecido de poder estar naquele lugar; onde o balanço das rodas sobre as dunas de Cabo Polônio se faz refletir como o mundo é belo e que o horizonte é um pressagio do futuro; onde o por do sol hipnotiza e rebate os sentimentos mais profundos; onde as pessoas passam com uma calma por sua vida, como as marolas do Rio da Plata; onde as refeições se transformam em verdadeiros rituais de contemplação da união de culturas; onde as ramblas se faz viver dentro de um romance dos mais belos; onde mistérios da história se escondem nas paredes de seus castillos; onde em uma Playa Brava surge Los Dedos renascendo para o amanhã; onde simplesmente observar o cultivo do fruto da bebida dos deuses pode ter efeitos arrebatadores na memória; onde o ritmo do candombe te faz aguçar os sentidos; onde o centenário te tira o folego com e arde a garganta pela ânsia pelo gol; onde a paixão por esse país faz um artista virar o mapa de ponta cabeça para mostrar que seu Uruguai é o mais importante; mas onde tem a alavanca que faça o tempo parar para reviver tudo isso?

Só sei que como Mijuca, “eu não sou pobre, eu sou sóbrio, de bagagem leve. Vivo com apenas o suficiente para que as coisas não roubem minha liberdade” e que eu possa conhecer novos e reviver todos os momentos que se transformam em sonhos em minhas memórias.

2016-01-04 22.01.00-1

Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

DIÁRIO DE VIAGEM: CABO POLÔNIO – QUINTO DIA

Hoje é dia de conhecer um dos mais belos povoados do Uruguai.

Fica localizado no Departamento de Rocha, cerca de 260 km de Montevideu, é cercada por dunas e em sua costa existem três pequenas ilhas chamadas de La Rosa, El Islote e La Encantada, as quais são moradas de lobos marinhos. O balneário fica cerca de 7 km de distância da estrada mais próxima.

polonio 33

polonio 05

A população moradora da ilha é bem pequena, que consiste em artesões, pescadores e alguns funcionários do farol do balneário. Cabo Polonio não tem energia elétrica, mas muitos dos locais tem geradores. A internet (wi-fi) funciona apenas por uma hora por dia.

Existem alguns ônibus que vão até a reserva pela empresa COT e da Rutas del Sol até a entrada do parque que fica no Km 264,5 da Ruta 10. Ali, além da entrada do parque tem um estacionamento que custa 170 pesos por 24 horas e o caminhão que passa pelas dunas de areia para chegar até Cabo Polonio custa 170 pesos por pessoa.

polonio 08

polonio 07

polonio 04

polonio 03

polonio 02

Confesso que Cabo Polonio não é para todos os tipos de viajantes, digo para se hospedar lá. Eu tinha uma vontade de louca de conhecer o local, mas não sabia se teria vontade de dormir lá. Após uma reflexão, fico pensando que perdi essa oportunidade que quem sabe em um futuro não realize, de poder ver o céu em Cabo Polonio, pois as estrelas devem ser muito mais brilhantes por lá.

Mas vamos falar da minha experiência:

Saímos umas nove horas do hostel de La Paloma e cerca de meia hora estávamos entrando no estacionamento para pegar o caminhão em direção a reserva. A principio existe horários para as saídas dos caminhões, mas assim que enche eles partem, mas se quer sentar em assentos, digamos que com vista privilegiadas, é melhor tentar ser o primeiro da turma, mas fica a dica: balança pra caraça! Hahaha.

Depois de cerca de 20 minutos atravessando as dunas (ah! Você pode fazer a travessia a pé, mas é uma caminhada longa em areia fofa).

polonio 01

polonio 09

polonio 10

polonio 26

polonio 23

Daí você até o vilarejo e ali é hora de caminhar, conhecer as praias, as pedras cheias de lobos marinhos e o farol.

Nossa primeira passada foi uma andada pelo vilarejo em direção ao farol, o qual ali te proporciona belas paisagens, além da oportunidade de subir no farol, que custa cerca de 20 pesos. Confesso que já tive experiência desagradável de subir em locais apertados, portanto resolvi esperar os amigos no chão (aventureira nível 0).

polonio 15

polonio 25

polonio 28

polonio 247

polonio 30

polonio 29

polonio 27

polonio 21

polonio 22

polonio 19

polonio 14

polonio 17

polonio 16

polonio 11

polonio 12

Dali seguimos visitando as pedras cheias de nossos amigos barulhentos lobos marinhos. É o contato com a natureza, não tem muito o que descrever, é incrível e vale a visita.

Depois fomos almoçar no restaurante Lo de Dany (Dany é o Chef proprietário do restaurante, tem um vídeo dele aqui )

polonio 31

polonio 32

Minha opinião sobre o restaurante, é que ele não tem nada de extraordinário, mas se você pensar que ele esta em uma reserva natural, ele é sensacional.

Não me recordo do valor exato da refeição em Cabo Polonio, mas lembro que foi cerca de 70 reais, o que foi um pouco caro, pois não foi nada de especial, apenas uma milanesa com batatas frita.

Saindo do restaurante decidimos voltar para La Paloma, para poder curtir um pouco a praia, pois no dia seguinte partiríamos para Punta del Este.

Enfim, a tarde em La Paloma parece uma parada no tempo, na calmaria do mar, nas cores do céu, simplesmente um tempo para parar e contemplar a vida.

A parada da noite era o centro da cidade de La Paloma, que conta com diversos restaurantes/bares e lojinhas de souvenirs.

Depois de caminhar muito por duas quadras (rsrs), comprar algumas coisinhas, era hora de escolher o local para jantar, assim escolhemos o restaurante Pio Nonno, bem na frente da mini concha acústica da praça da cidade, onde estava tendo um show de palhaço.

O meu prato escolhido do Pio Nonno, foi uma massa de beterraba com recheio de espinafre.

IMG_6359

IMG_6361

Depois foi a vez de um sorvetinho na Pop, que meu dedeus, o que era aquele sorvete de doce de leite, era a coisa mais gostosa.

IMG_6365

E assim terminava nosso dia de aventura, bora descansar que no dia seguinte era dia de pegar a estrada para Punta del Este.




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

DIÁRIO DE VIAGEM: LA PALOMA – QUARTO DIA – PARTE II

Seguindo pela estrada entre Montevideo e La Paloma, já contei para vocês que passamos por Piriápolis e Punta Colorada e continuando a viagem, pudemos avistar a famosa Punta del Este, mas o foco era chegar o quanto antes em La Paloma.

Após alguns caminhos desencontrados na cidade de La Paloma, que pelo o que a gente entendeu tem duas ruas com o mesmo nome ou a rua se divide, to na dúvida até agora!

Nosso destino era a Calle Centauro, o La Balconada Beach Hostel, que depois de algumas pesquisas, em muitos sites indicavam e falavam muito bem do hostel; e realmente o hostel é muito bom e legal, adorei ele e a localização é ótima, pena que nossa estádia foi curta em La Paloma.

beachLa Paloma é uma cidade litorânea pequena, que é bem frequentada por pessoas que praticam esportes aquáticos e a praia da La Balconada é um sossego só.

2016-01-04 22.01.00-1Ao chegar no hostel já nos acomodamos e fomos direto para a praia para aproveitar o visual.

A noite resolvemos jantar no restaurante/parador Punto Sur, nas areias de La Balconada, a qual foi uma bela experiência. Hora de descansar, o próximo dia reserva uma aventura pela reserva de Cabo Polonio.

Até o próximo post!




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

10 MOTIVOS PARA VISITAR O URUGUAI

1 – MITOS E HISTÓRIAS CORREM NA VEIA DO URUGUAI

Pessoal o Uruguai já foi palco de várias momentos históricos, de sua própria independência, até mesmo o fato de ser o palco da primeira Copa do Mundo. Mas umas das histórias mais interessante que descobri nos últimos tempos é que reza a lenda que o Santo Graal esteve em terras Uruguaias.

PIRIAPOLIS___________

2 – POR DO SOL

Se tem algo que é extremamente encantador no Uruguai é o por do sol, digno de ser contemplado com palmas.

Tchau sol…! Eu te amo … Quando era criança eu queria te alcançar com a minha pipa. Agora que estou velho, me resigno a lhe suada enquanto a tarde boceja por tua boca de vime.

2016-01-04 22.01.00-1

3 – PRAIA

OK! As praias no Brasil são muito mais bonitas (na minha opinião), mas as praias do Uruguai exalam um certo mistério, além das “orlas” dos Rio da Plata se tornarem verdadeiras praias no verão

playa BIKINI-manantiales

4 – FESTA

Nossos vizinhos adoram uma festa, na alta temporada (dezembro a março) rola diversas festas nos balneários do país, e muitas vezes com presenças de artistas internacionais, além de ter o carnaval mais grande do mundo, são cerca de 40 dias de festas.

5 – CASA PUELBO

O que dizer de um artista uruguaio que tinha “uma casa muito engraçada, que não tinha teto, não tinha nada”? Casa Pueblo é um Patrimônio para os olhos.

CASA PUEBLO_______________

6 – ESTADO DE ESPIRITO

A cultura do viver bem, e valorizar as simples coisas estão no sangue do povo do uruguaio.

CASA PUEBLO_____________

7 – ARTE

Se considerarmos o tamanho do país, é relativamente pequeno. Mas a quantidade de artistas de renome mundial (sendo no ramo das artes, musical e literatura) é enorme! Como: Villaró, Torres Garcia e Carlos Gardel

CASA PUEBLO_____

8 – NATUREZA

Como imaginar que depois de alguns minutos sobre dunas de areia você encontra Cabo Polônio?

polonio 11

9 – GASTRONOMIA

A mistura de culturas espanholas e italianas resultam em experiências gastronômicas divinas.

MOBY DICK__

10 –  FUTEBOL

O Brasil é o país do futebol, mas o Uruguai foi quem sediou a primeira Copa do Mundo em 1930, além de todo seu histórico com a famosa seleção Celeste.

ESTADIO CENTENARIO 04

Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

PARADOR PUNTO SUR EM LA PALOMA

O Parador Punto Sur fica nas areias da praia de La Balconada na frente do hostel La Balconada Beach em La Paloma, Uruguai.

2016-01-04 22.01.00-1A nossa visita foi em nosso primeiro dia em La Paloma e foi durante o jantar, o que resultou em um grande amor.

Adoramos o local, atendimento e principalmente pela comida, que foi muito bom (tirando o brownie de chocolate).

2016-01-04 22.02.30

2016-01-04 22.02.19-2

2015-12-28 22.55.39

2015-12-28 23.34.57Cada um pediu um prato que vario de strogonoff, salmão grelhado, paella e sobremesas. Em toda a nossa viagem para o Uruguay, esse foi o que nos proporcionou uma das melhores refeições. Então, se estiver por La Paloma, o restaurante Punto Sur é uma boa pedida.

 




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

PLAYA LA BALCONADA

Sendo uma das praias mais famosas da Região de Rocha no Uruguai, fica na cidade de La Paloma. Fica no meio de duas pontas rochosas, formando um arco de areia.

IMG_5648É uma praia frequentada principalmente pelos jovens (isso mais próximo ao farol) e podemos dizer que uma das maiores atrações da praia é o belo por do sol que ela proporciona, os quais são aplaudidos, além de ser uma queridinha dos surfistas.

IMG_5643A temporada alta de visitas é de dezembro a março e a temporada de julho a outubro é possível observar baleias.




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

DIRIGINDO NO URUGUAI

Pode soar como uma coisa tonta, mas dirigir em outro país era uma vontade antiga, a qual foi possível realizar nessa viagem para o Uruguai.

Se você for conhecer somente Montevidéu, acredito que o uso de taxi (clique aqui para saber mais), ônibus urbanos (aqui) ou até mesmo o Hop On Hop Off (conto mais aqui) você consegue se virar bem na Capital, mas para percorrer o país o carro é uma boa pedida, pois você fica livre para fazer o que quiser, para onde quer, mas é lógico que você consegue percorrer o país de ônibus (conto mais aqui).

Mas vamos falar sobre a experiência de dirigir por terras uruguaias: gente, émega tranquilo! Eu não sei como explicar, mas lá reina um espirito de paz e tranquilidade que se estende ao transito. Como definir as estradas do Uruguai (as principais): reta e pasto…rsrsr

No Uruguai existe uma lei de transito que não estamos muito acostumados é de andar 100% do tempo, faça chuva, faça sol tem que estar com o farol aceso, do resto é igualzinho aqui.

como é dirigir no uruguai

Continue reading

Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Older posts