O roteiro que vou colocar abaixo é para quem não tem problemas com caminhadas e quer desbravar a cidade.

Nosso ponto de saída é a TORRE DO RELÓGIO (Torre del Reloj).

Começamos pelo símbolo da cidade de Cartagena de Índias, sendo a principal entrada da cidade, construída no século XIX. A praça na frente da cidade era antigamente um mercado de escravos e no centro dela se encontra uma estatua de Pedro de Heredia, fundador da cidade.

Também na praça que leva o nome de Plaza de los Coches fica o PORTAL DE LOS DULCES. Antigamente tinha outro nome, como na época colonial era conhecido como Portal del Juez e quando decidiram comercializar escravos ali, levou o nome de Portal do los Esclavos e já no final do século XIX, os governates decidiram que a praça deveria levar o nome da rua que ali passava (Las Carretas), e que com o passar do tempo, passou a levar o nome atual.

Acredito que leva o nome devido a grande quantidade de “Carroças” que fazem passeios pela cidade. ATENÇÃO: “SELO: FOGE QUE É SILADA”

Existem pela cidade histórica inteira gente oferecendo passeios nessas “carroças”, então foge, é muito silada “Bino”! Primeiro: eles te vendo o passeio dizendo que dura meia hora, e não dura nem 20 minutos. Segundo: Alguns dos condutores são tão robotizados se você perguntar se o céu é azul, ele vai te responder que essa rua é a mais larga da cidade. Terceiro: o maltrato aos animais, muitos deles parecem ser bem mal tratados. Então evite fazer esse passeio!

Nessa praça também é que ficam diversos vendedores de passeios, produtos e frutas. Confesso que chega uma hora que da vontade de sair gritando: SAI DAQUIIIIII!!! Mas eles estão ali ganhando o pão deles, então gente paciência. Também ali, como em outros diversos pontos da cidade tem as famosas palanqueiras, que são mulheres que vestem trajes típicos nas cores da bandeira da Colômbia e vendem frutas. O nome PALENQUERO é dado para as pessoas que moram na costa norte da Colômbia, mas especificamente em San Basilio de Palenque. Se quiser tirar uma fotinha com as coloridas senhoras tem que pagar (igual com nossas baianas em Salvador) ou você pode comprar frutinhas e tirar uma fotinho, foi o que eu fiz. Pote de fruta e fotinho 10 mil pesos colombianos.

Saindo dali, atravessando a avenida chegamos ao MUELLE(é tipo doca, uma parada de barcos) DE LOS PEGASOS, que fica ao lado do CENTRO DE CONVENÇÕES (tivemos sorte de conhecer, pois estava tendo uma feira de artesanato mundial). O Muelle tem três esculturas de Pegasos em homenagem a mitologia grega. Já o Centro de Convenções foi construído em 1980 e é feito todo de Pedro Cornalina, a mesma utilizada nos prédios históricos da cidade.






Logo na frente fica o CAMELLÓN DE LOS MARTIRES, que é um espaço histórico que foi restaurado recentemente. Ali acontecer o enforcamento de 9 dirigentes da cidade para dar exemplos aos outros, então 100 anos depois um conselho ordenou que o local se chamasse de Los Martires. Do outro lado da rua fica o PARQUE DA INDEPENDENCIA, mas que é mais conhecido como PARQUE CENTENÁRIO, o qual foi inaugurado em 1911 comemorando 100 anos da independência de Cartagena.

Ali você vai encontrar diversas barraquinhas que vendem inúmeros produtos, de livros antigos a molhos de pimenta. Saindo dali seguimos ao famoso bairro de Getsenami, em busca da IGLESIA E PLAZA DE LA SANTISSIMA TRINADAD, a qual recebe esse nome desde de 1643, pois foi quando a igreja foi construída.

O bairro de GETSENAMI, na época colonial era o bairro onde morava os operários que trabalhavam na parte de cidade histórica, com o passar do tempo passou a ser um espaço dominado pela drogas e prostituição, até que chegamos nos dias de hoje e que se tornou um dos bairros mais cool da cidade. O bairro também conta com diversos grafittes espalhados por suas ruas, que dão um charme especial ao local. Vale a pena se perder entre as ruas do bairro para visitar o “museu” a céu aberto.

Próxima parada o imponente CASTILLO DE SAN FELIPE DE BAJARAS. O Castillo é a obra militar espanhola maior no continente americano e tem mais de 40 metros de altura.

Tinha como nome inicial Castillo de San Lázaro, pois esta situada na Colina de San Lazaro. Sua construção deu inicio no ano de 1536, e a primeira parte da obra que duraria cerca de 5 anos, durou apenas um, no qual utilizaram milhares de trabalhadores escravos.A obra final foi datada em 1657, e então recebeu o nome que tem até hoje. O Local teve um papel importante na história, protegendo a joia do Caribe (Cartagena) dos ataques piratas.

No ano de 1697 os franceses comandados pelo Corsário Baron de Pointis invadiram o local, o qual o governo espanhol foi obrigado a gastar uma boa parte de seu tesouro para retomar a fortaleza. Para entrar no Castillo é preciso comprar um ingresso de 25 mil pesos colombianos e caso você queira alugar os guias para escurtar, custa 12 mil pesos e também existem guias que fazem o trabalho por 15 mil pesos por pessoa.

 

Ah!!! Ali também tem uns túneis super bacanas para visitar, mas se você por claustrofóbico, evite essa parte para não estragar o passeio.

Nosso próxima parada foi ao lado Castillo, onde fica o MONUMENTO DE LOS ZAPATOS VIEJOS, a qual é uma homenagem a um dos maiores poetas de Cartagena de Índias, Luis Carlos Lopez, a qual a sua obra mais popular é o poema “Minha Cidade Nativa”. O trecho que inspirou a escultura é:

“Mas hoje, cheio de desleixo obsoletos

Bem que podes inspirar esse carinho

Que um te em seus sapatos velhos…”

Nesse momento se você for como eu já vai ter tido uma vontade de ir ao banheiro, de se refrescar um pouco do calor, então atravesse a avenida e vá até o CENTRO COMERCIAL PORTAL DE SAN FELIPE, ali não tem nada de turístico, mas você pode tirar uns dez minutos de descanso do sol e tem banheiro gratuito.

Se recuperou? Partiu caminhada novamente, passe na frente da entrada do CASTILLO SAN FELIPE e siga até a próxima avenida, no semáforo vire a esquerda e siga em frente.

Ali chegamos ao MALL PLAZA EL CASTILLO, que a principio não era o que estávamos a procura, mas vimos e resolvemos entrar. O Shopping tem várias lojas bacanas, como Tous, Studio F, Tennis, Seven Seven, Falabela, Espri, entre outrs, se você gosta de um shopping ali pode ser uma parada, além de serviços financeiros, como bancos e casas de cambio.

Seguimos pela avenida até o MONUMENTO DA ÍNDIA CATALINA. Esse monumento é em homenagem a personagem indígena Calamari mais improtante da história da Colômbia. Ela foi interprete entre o povo indígena e os Espanhóis.

A essas horas você pode já estar com fome, então aqui deixo uma dica deliciosa para vocês, o LA MULATA. O restaurante que fica no bairro de San Diego tem culinária típica caribenha e é uma delicia muito bom. Além do preço maravilhoso, eu consumi um prato principal, água e uma limonada de manga e gastei 38 mil pesos (já com os impostos e o serviço).

Saindo do restaurante o meu foco era ver as paredes antigas da PLAZA DE TOROS DE LA SERREZUELA, também conhecida como CIRCO TEATRO, que foi construído no começo do século XX e era utilizado para corridas de touros que vinham do México e da Espanha, mas hoje em dia o local esta passando por uma grande mudança e em breve será um centro comercial, então quem sabe em sua visita já tenha esse local para visitar.

A próxima parada é LAS BOVEDAS. Digamos que aqui é um mercado para turistas, onde se encontra lojas de lembranças, artesanato, entre outros. Por ser um local turístico, pode ser que abusem um pouco dos preços. Algumas coisas eram bem mais caro que perto da Torre do Relógio, mas também tinham coisas de melhor qualidade.

Esta localizada ao norte da cidade amuralhada, entre os fortes de Santa Clara e Santa Catalina. Possui 23 abóbadas e 47 arcos. Antigamente serviu de quartel para os espanhóis e durante a Independência e começo da República como prisão. Las Bóvedas foi a última construção da cidade amuralhada, o engenheiro Lorenzo de Solís projetou em 1755 a construção do local.

Se tem uma pessoa que é lembrada quando se fala de Cartagena é do famoso GABO, como é chamado Gabriel Garcia Márquez. O autor escreveu grandes romances como AMOR NOS TEMPOS DE COLERA e CEM ANOS DE SOLIDÃO e também foi ganhador de prêmio NOBEL em 1982, então a casa onde cresceu e viveu o artista fica logo ali para ser admirada do lado de fora. Alguns locais dizem que a casa visinha, de frente para a muralha é da famosa cantora Shakira, mas não sei se essa informação é verdadeira ou somente para “enganar” turista.

Continuando mais um pouquinho a nossa caminhada chegamos ao TEATRO DE HEREIDIA, que tem como nome oficial Teatro Adolfo Mejía e que sua construção começou no ano de 1906 no lugar das ruínas da Iglesia de La Merced, cosntruída no ano de 1625.

O teatro foi inspirado no Teatro Tacón de Havana e foi inaugurado em 11 de novembro de 1911 com o nome de teatro Municipal o qual foi mudado em 1933 em comemoração ao quarto centenário de fundação da cidade.

O tour desse dia não acaba por aqui, nós tínhamos um passeio de CHIVA RUMBEIRA, mas isso é assunto para outro post.




 GASTOS DO DIA:

Prato de frutas e foto com Palanqueiras: 10 mil pesos.

Entrada do Castillo: 25 mil pesos

Fones: 12 mil pesos

Almoço no La Mulata: 38 mil pesos.

Chiva Rumbeira: 35 mil pesos

Total de gastos do primeiro dia: 120 mil pesos




Siga o NASCI EM CASA ERRADA no Instagram: @nasciemcasaerrada

No Youtube: /nasciemcasaerrada

No Twitter: @nceblog

E nossa página no Facebook: /nasciemcasaerrada

 

Gostou do post? Compartilha aê!!!

 

RESERVAS: Pessoal! Quer reservar um hotel na cidade de Cartagena? Você pode fazer sua reserva através desse link e assim você vai está contribuindo muito para continuar compartilhando minhas aventuras no mundo! Ah! Pra você, isso não tem nenhum gasto extra, mas para o NASCI EM CASA ERRADA significa e ajuda muito.

SEGURO VIAGEM: É sempre bom viajar sem preocupação, caso acontece algum probleminha né? Então clica nesse link aqui e faça o seu seguro viagem pela MONDIAL TRAVEL




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu! Siga nas redes sociais.

Related Post