Dia após festa, vivemos como um local, começando as atividades próximo ao meio dia.

Acordamos e curtimos um pouco a piscina e mais tarde resolvemos ir almoçar no Parador da Praia Bikini, e para quem acompanha o blog sabe que sempre faço um post destinado a cada um dos lugares, mas sinceramente esse parador não merece assim tanta atenção, de verdade gente, o preço dele é alto e não é assim nenhum lugar maravilhoso, mas também não é um horror, o qual eu diga saia correndo.

Passamos a tarde curtindo a praia a agitação que ela nos proporciona.

casa 03

Mais uma noite em Punta del Este, e seguimos mais uma vez para a Rua do Porto. Ali ficam vários bares um do ladinho do outro, eis minha percepção:

  • Napoleão: mais conservador, familiar e um público mais velho;
  • Soho: descolado, tranquilo para um público 30/40 anos;
  • Moby Dick: o mais famoso e badalado, público de 25/35 anos, mas você encontra todas as idades.
  • Mambo Club: o espaço da galera bem jovem, faixa dos 20 anos embalados pelo som do reggaeton.

Mas antes de seguir para os bares, que tal uma paradinha para jogar?

Foi o que fizemos, fomos até o Cassino do Hotel Conrad e apostamos algum dinheirinho, e até ganhamos alguns pesos.

2016-01-04 16.37.34-4

2016-01-01 23.58.16

O hotel Corand é emblemático na cabeça de muita gente e transpira elegância e ostentação, como o carro todo envelopado.

2016-01-04 16.26.33

Dessa vez escolhemos o Soho, pois nessa noite não estávamos muito animados para festas e ali estava tocando uma música ao vivo tranquila, um clima bem gostoso.

O Soho oferece vários tipos de pratos, de sushi a hambúrgueres. E ali também é um ótimo lugar para ver a agitação dos seus bares vizinhos e quem sabe não anima para continuar a noite.

soho 01

Até o próximo post.




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post