No dia 03 de maio de 2016 a marca de moda francesa Chanel desfilou sua coleção Cruise 2016/17 pelo Paseo del Prado em Havana, que além de modelos internacionais o desfile trouxa a presença de personalidades e celebridade para a capital cubana.

Mas o que isso tem haver com viagem?

Acredito que o mundo caminha entrelaçado e provocam tendências de consumo e lifestyle. A moda é uma grande difusora dessa ideia, portanto quando uma clássica marca francesa resolve desembarcar em Cuba, um país que abriu suas fronteiras recentemente para “coisas” do capitalismo, pode ter certeza que será o novo sonho de consumo dos viajantes.

Mas voltando a falar um pouquinho sobre moda, li em uma página na internet que Che Guevara estaria se revirando no tumulo diante desse acontecimento, e eu me atrevo a dizer que só estaria se revirando se tivesse muito mal gosto, porque diante de tanta beleza (digo de moda, cultura, música e lifestyle) não tem como ficar decepcionado. O desfile mostrou a identidade de um povo, que digamos que contagia.

Cuba pode já ter passado por sua mente pelo mistério de um regime fechado e agora passa a ser desejo por sua cultura, povo e belezas. Pois nos últimos meses o país recebeu algumas visitas importantes, como o presidente americano Obama, o Papa líder religioso da igreja católica e até mesmo o show da banda Rolling Stones.

É pessoal Cuba está mudando, e esperamos que não perca sua essência.

Já foi para Cuba? Conte para nós como foi?

Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post