Vamos começar este post dizendo que não sou nem um pouquinho conhecedora de vinho, mas sou xereta e gosto de compartilhar minha experiência, então vamos lá.

Primeiramente, li em vários lugares que a Concha y Toro é muito turística e tudo mais, mas se nós estamos visitando o lugar que não é do nosso costume e novo, somos turistas, certo? Falo isso porque achei um ótimo passeio, organizado e mesmo para os que não tem experiência nenhuma com o vinho, o local já merece a visita, é bem bonito.

Pode ser que as pessoas super entendidas de vinho podem achar o tour fraco, por já ter certo conhecimento, mas a vinícola conta com dois tipos de tours, os quais conto mais para frente.

Vou começar aqui a contar para vocês como fui até a Vinícola, pois fomos por conta própria, que fica bem mais em conta, vamos ao Passo a Passo (metrô de partida BELLAS ARTES).

metrosantiago

 

 

  • Pegar o metrô sentido a estação VICENTE VALDÉS (LINHA VERDE-5)
  • Fazer a baldeação para a LINHA AZUL – 4 em direção a PLAZA DE PUENTE ALTO.
  • Descer na Estação LAS MERCEDES (na verdade você pode até descer na Plaza de Puente Alto, mas acho por ter mais movimento, eles não indicam essa estação, mas na volta desci nela e deu tudo certo).
  • Na estação LAS MERCEDES tem tipo um centro comercial e tem um ponto de taxi, lá você pega um taxi até a vinícola que custa 4 mil pesos, cerca de 20 reais (junho/2016).

Chegando na vinícola dirija-se até o guichê para fazer o pagamento de sua reserva, isso mesmo, é melhor você fazer uma reserva antecipadamente através do site: http://www.conchaytoro.com/tour-wine-experience/reserva-tu-visita/

Existem dois tipos de Tour na Vinícola Concha y Toro: TOUR TRADICIONAL (19 dólares) e TOUR MARQUES DE CASA CONCHA (38 dólares). O tour escolhido por mim foi o TOUR TRADICIONAL, pois passa uma visão geral dos vinhos da vinícola e a diferença com o TOUR MARQUES DE CASA CONCHA é que oferece uma degustação com maior variedade de vinhos, além de serem da linha premium da casa.

CONCHA Y TORO__

ENTRADA DA VINÍCOLA

CONCHA Y TORO_

ENTRADA DA VINÍCOLA

Voltando ao tour, a entrada da Vinícola já da para tirar diversas fotos de recordações, até que você chega em praça, onde fica tendo apresentação de dança e de música típica chilena.

CONCHA Y TORO

E logo os guias chamam para começar o tour pelas propriedades da vinícolas e degustação. A primeira parada é a famosa casa de Don Melchor Concha y Toro.

CONCHA Y TORO_____

Após a paradinha pelo lado de fora da casa, pois o interno é reservado apenas para grandes eventos do local, vamos conhecer um pequena parte da plantação das uvas, uma pequena parte, pois grande parte da produção fica em Valle de Casa Blanca, uma região que ficou famosa nos últimos tempos pelos cultivos de uva e de suas diversas vinícolas, como a orgânica Emiliana.




CONCHA Y TORO___

Logo vamos para a primeira degustação de vinho, a qual não vou comentar sobre, pois não tenho propriedade para falar do assunto, mas é o momento que você ganha a famosa taça para guardar de recordação.

CONCHA Y TORO______

Aqui vamos para as instalações do local, que são belas e logo após vamos conhecer a lenda do Casillero del Diablo, vou tentar contar sem perder o encanto para quem for visitar o vinícola.

A lenda conta que em 1883 Don Melchor começou a produção de vinhos em sua propriedade e as melhores safras eram guardadas em sua adega pessoal, só que a fama chegou a ouvidos de muitos e as garrafas começaram a desaparecer. Então Don Melchor espalhou o boato de que o Diabo vivia na sua adega e guardava os vinhos, então os roubos pararam pelo temor ao Diabo.

Essa propaganda abaixo é incrível, nunca tinha visto, mas semana passada vi na tv.

CONCHA Y TORO_______

Esse tour que fizemos foi o tradicional, mas existe também o Marques, o qual oferece degustação de mais variedade de vinhos.

Logo após nosso tour paramos na loja da vinicola, para comprar alguns presentes e recordações.

CONCHA Y TORO____

Logo após fomos até a entrada da vinícola e pegamos um taxi até o metro para ir até o centro da cidade.

CONCHA Y TORO________

Resumindo minha experiência, que por mais que as pessoas dizem que é uma vinícola muito comercial, vale a pena sim a visita, é bem legal!




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post