BERLIM 02

O dia começou cheio, demos uma passada pelo Tiergaten, uma passadinha mesmo porque o lugar é enorme, a tradução literal é “Jardim dos Animais”, pois era o local de caça da realeza antigamente, durante o reino de Friedrich I, que durou de 1657 até 1713. O local possui cerca de 210 hectares, passando por Zoologischer Garten, Portão de Brandenburgo e Potdsdamer Platz. Ele é um espaço verde para diversas práticas de esportes, passeios, piquenique ou simplesmente relaxar um pouco.

Aqui é parque que no verão muitas pessoas adeptas ao naturalismo aproveitam o espaço.

Saindo do Tiergaten seguimos para o Muro de Berlim, parte do muro que vários artistas customizaram o East Side Gallery que é a maior galeria a céu aberto do mundo, com 1.316 metros. Todos os anos a galeria recebe mais de três milhões de visitantes, sendo o único monumento autêntico da reunificação há mais de vinte anos. Ela consiste de 105 pinturas de artistas de todo o mundo.

Está localizada na rua Mühlenstraße em Friedrichshain-Kreuzberg ao longo das margens do rio Spree.

IMG_9034

IMG_9032IMG_9033IMG_9037IMG_90392014-08-05 11.07.012014-08-05 11.07.26

Próxima parada Gendarmenmarkt, que são duas igrejas, uma em frente da outra, sendo digamos quase gêmeas.

Uma delas é a igreja alemã Deutsche Friedrichstadkirche e a outra uma francesa Franzosische Friedrichstadtkirche. No centro dessas duas igrejas fica Konzerthaus, uma sala de concertos construída por Karl Friedrich Schinkel em 1817 em um estilo neoclássico.

IMG_8982IMG_8985IMG_8986IMG_8988IMG_8992

Digamos que Berlim, como muitas outras cidades, você tropeça em história, monumentos e coisas interessantes. Quando resolvi ir para Berlim fiz uma lista dos lugares que queria conhecer, sabendo que não ir ter tempo para todos (mais pra frente descrevo essa lista), um deles era o Checkpoint Charlie, mas como o tempo voa não consegui ir caminhando até o local, passei apenas de ônibus, mas o que é o Checkpoint Charlie?

IMG_8973IMG_8975IMG_8976

Esse foi o nome dato a um posto militar entre a Alemanha Oriental e Ocidental pelos Aliados durante a Guerra Fria. Existiam outros dois postos militares: Alpha e Bravo, cada nome indicava uma letra do alfabeto (Alpha a letra A, Bravo a letra B e Charlie a letra C), mas falando do Charlie que foi projetado como um posto militar para a passagem dos estrangeiros membros das Forças Aliadas na Alemanha Ocidental para a Alemanha Oriental.

O próximo ponto foi o meu sonhado Museu do Pergamon, que está localizado na Ilha dos Museus.

IMG_9052IMG_9057IMG_9069IMG_9085IMG_9108IMG_9117IMG_9132IMG_9139

A Ilha dos Museus é uma ilha no rio Spree que fica no centro de Berlim, o local recebe esse nome, pois ali se encontra cinco museus: Museu Pergamon, Altes Museum, Neues Museum, Alte Nationalgalerie, Museu Bode, além de ter a Berliner Dom e Lustgarten.

Foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1999. Seu primeiro museu, o Altes Museum (Museu Antigo) foi construído entre 1823 a 1830, destinado a abrigar a coleção de artes da família real da Prússia. Nos anos seguintes, em 1859 foi aberto o Neues Museum (Museu Novo), que antigamente era chamado de Museu Real Prussiano, o qual foi destruído durante a guerra e só foi reaberto em 2009, é nesse museu que fica o busto da Nefertiti.

Já o Alte Nationalgalerie, que é inspirado na Acrópolis de Atenas, foi construído entre 1867 e 1876. Por ordem de idade, chegou a vez do Bode Museum que foi aberto em 1904 com o nome de Kaise Friedrich Museum, mas em 1956 teve seu nome alterado para homenagear o seu primeiro curador: Wilhelm von Bode.

Mas vamos lá, to aqui pra falar do Pergamon, o qual visitei dessa vez. É o mais famoso e visitado museu de Berlim, recebe quase um milhão de visitantes por ano, mas corra! O museu vai ficar fechado por alguns anos para restauração.

Ele foi construído entre os anos de 1910 e 1930 e lá você encontra antiguidades mostradas com suas devidas proporções, como o Altar de Pérgamo, o qual da o nome ao museu; uns dos portões de acesso da cidade da Babilônia; o Portão do Mercado de Mileto; entre outros.

Vamos lá! Amei conhecer o Pergamon! De verdade! É sensacional, apesar de ter algumas opiniões diversas que não vem ao caso no momento.

Saindo do museu para descansar um pouco fomos fazer um passeio de barco pelo rio Spree, ali do lado do museu tem várias empresas que oferecem o serviço, optamos por uma de um passeio de 1 hora e custou 10 euros.

IMG_9152IMG_9156IMG_9161IMG_9164IMG_9166IMG_9170IMG_9171

Como muitas viagens eu faço com meus pais, e como já disse sou a raspa do tacho, eles queriam voltar para o hotel para descansar um pouco. Então resolvi caminhar novamente ao redor do hotel, desbravar o bairro.

Como já havia mencionado tem várias lojas e aproveitei para dar uma olhadinha. Achei uma loja Saturn (a mesma que tem na Alexander Platz) em um centro comercial chamado Reisebüro Europa Center. Essa loja tem de tudo quando se fala em eletrônicos: celulares, fones, máquinas fotográficas, entre outras mil e uma coisas e com preços bem atrativos. Eu me arrependo muito de não ter comprado diversas coisas, tinhas uns eletrônicos que nunca tinha visto e uns headphones com preços espetaculares.

2014-08-05 17.08.172014-08-05 17.26.412014-08-05 18.39.002014-08-05 18.48.52

Agora é aquela parte mico xereta da viagem, ao sair da loja Saturn olhei para o outro lado da avenida e vi uma certa movimentação, um cinema com várias bandeirinhas, daí pensei… é o lançamento de um filme.. ah ok! Mas gente… era um tapete vermelho, pode começar a rir, mas nunca vi pessoalmente um Red Carpet, nem mesmo do filme do Toninho do Diabo (celebridade local da minha cidade…hahaha), mas enfim, era o Red Carpet do filme Hectors Reise oder Die Suche nach dem Glück, segunda minha pesquisa a história conta sobre um psiquiatra frustado porque seus pacientes não estão felizes e ele não pode ajudá-los. Daí ele decidi fazer as malas para viajar pelo mundo.

2014-08-05 19.11.412014-08-05 19.12.132014-08-05 19.12.152014-08-05 19.13.1603

Não assisti até o momento que escrevo essa postagem, mas se assistir conto para vocês como foi.

E assim terminou meu segundo dia em Berlim. Próxima parada: a charmosa Poznan na Polônia. Mas antes vou fazer um Post com  lugares que acho interessante em Berlim, mas não tive a oportunidade de visitar.



Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post