Escolher uma festa de réveillon eu não considero uma tarefa fácil, porque principalmente quando você está viajando em grupo você tem que agradar a todos.

E nessa decisão de onde passar a virada do ano em Punta del Este não foi diferente. As principais festas são uma pequena fortuna e por isso o medo de errar.

Eis que vemos no internet que ia rolar uma festa de réveillon na OVO Club. Algumas das coisas que analisamos:

  • No ano anterior passamos em Viña del Mar, na festa da balada Mancora no Enjoy Club (mesmo grupo do Conrad) e no mesmo prédio também estava sendo a festa da OVO, e como a nossa havia sido muito bacana (conto aqui) achamos que seria uma boa escolha;
  • A festa é no Conrad, quer algo mais emblemático em nossas mentes, que já penso no Amauri Jr. saltando na minha frente cantando ôôôô.
  • Custo x beneficio: entrei em contato com o gerente do club e ele me passou a seguinte informação:

OPEN BAR PREMIUM

CIROC – Johnnie Walker Black Label – Stella Artois – Energizante – Agua

OPEN FOOD

Volcano – Pincho de vieiras y calamares – Crocante sobre leche de tigre – Langostino en panko y semilla – Satey de lomo – Roll de pollo en alga Nori – Yakitori de Salmón – Mini pasteleria

1º LOTE: Mujer:U$150 / Hombre U$200

2º LOTE: Mujer:U$200 / Hombre U$250

3º LOTE: Mujer:U$300 / Hombre U$400

Dessa forma decidimos comprar a festa, outra dica: a festa vendia em dois sites: Blueticket (que é brasileiro) e Reduts (site uruguaio). Mesmo contando com o valor de IOF era mais vantagem a compra no site Uruguaio, o qual dava uma diferença de cerca de 200 reais (já convertendo).

Vamos agora para a festa em si:

OVO CLUB PUNTA DEL ESTE_

Chegamos no OVO por volta das 23h e o espaço estava meio vazio, mas ali na parte do Sushi Bar (que é na frente do club) estavam servindo o coquetel e as bebidas (a qual tinha um plus nessa pré festa, o qual era servido Chandon). Nós não fizemos nenhuma ceia antes de ir para festa, pois pelo e-mail que recebemos, pensamos que teria uma mesa para nós nos servir, mas não era assim, sendo que algumas mesas, com algumas pessoas “especiais” traziam pratos completos.

Na chegada da meia noite saímos para a frente do hotel, para ver a queima de fogos, o que nos primeiro minutos é muito desanimador, se você esta esperando estilo Copacabana, mas o Conrad deixa todo mundo gastar seus fogos, para então enfim soltar o seu show (mas também ainda não chega a ser os padrões brasileiros de foguetório… hahahahaha)

OVO CLUB PUNTA DEL ESTE__

Retornando para a festa tipo o tal serviço open food estava sendo encerrado. Confesso que na minha cabeça seria a noite inteira (em todos os relatos de festas em Punta del Este, este é um problema, o open food, nunca é o prometido). A bebida sim era open-bar, a qual o primeiro instante quando entramos no espaço do OVO Club teve um pequeno problema, pois queriam que as pessoas que tinham o sistema open bar (descobrimos que venderam ser sem open bar) ficassem somente no espaço na frente do bar para consumir as bebidas, algo que durou pouco tempo essa “palhaçada”.

Mas Thaís, e a festa?

OVO CLUB PUNTA DEL ESTE

Gente o club é lindo, e os djs super legais, mas não vai esperando que você vai ouvir um mashup de vários ritmos musicais; ali reina a música eletrônica.  No meio da noite é alternada com apresentação de bailarinas e acrobatas e nos divertimos horrores.

Fomos embora cerca das 6 da manhã e até esse horário a bebida estava ali presente e de boa qualidade.

De um modo geral a festa foi muito legal e nos divertimos muito!




Amante de viagens, apaixonada por moda e alucinadamente curiosa, junta tudo num potinho e o resultado sou eu!
Siga nas redes sociais.

Related Post